Divulgação

Perguntas Frequentes

O que é a Astrologia?

Falando de Astrologia Ocidental, a Astrologia é o estudo dos astros e a sua relação com a Terra, planeta onde nos inserimos, numa perspectiva física, através da astronomia clássica, e simbólica, baseada na analogia entre os corpos celestes e os acontecimentos terrestres.

Mas há outras formas de Astrologia para além da Astrologia Ocidental?

Sim, existem outras formas de Astrologia que têm fundamentos distintos, embora possam ter pontos comuns. A génese e o desenvolvimento das diversas formas de Astrologia estão intimamente ligadas com o local e todo o conjunto cultural, histórico e espiritual dos povos. A Astrologia Ocidental teve origem e desenvolvimento no Médio Oriente, Norte de África e Europa. As outras formas de Astrologia mais conhecidas são a Astrologia Chinesa – China, Astrologia Védica – Índia e a Astrologia Maia – México.

O que é um astrólogo?

Um astrólogo é uma pessoa que se dedica à prática da Astrologia, nas suas vertentes de consultoria/aconselhamento, investigação, divulgação e outras, depois de ter estudado profundamente o assunto e durante um longo período, mantendo uma postura de enriquecimento pessoal constante na sua área. Para o público em geral, que tem poucos conhecimentos ou nenhuns de Astrologia, alguém que se auto-intitule de astrólogo, tratando-se de Astrologia Ocidental, terá, no mínimo, de evidenciar que baseia a sua análise num mapa astrológico, calculado com base nos dados de nascimento da pessoa em análise.

O que é um mapa astrológico?

A Astrologia utiliza o posicionamento dos astros no céu – luminares e planetas – integrados num sistema de coordenadas celestes – o Zodíaco – composto por 12 signos – Carneiro, Touro, Gémeos, Caranguejo, Leão, Virgem, Balança, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário, Peixes – e um sistema de coordenadas terrestres – as 12 casas. A prática da Astrologia utiliza a representação gráfica dos elementos referidos, a duas dimensões – o mapa astrológico ou mapa natal – calculado para o exacto momento do nascimento de uma pessoa. O mapa natal revela ao astrólogo, através do conhecimento simbólico dos diversos elementos, aspectos da personalidade e vida da pessoa. Para além da Astrologia Natal dedicada ao estudo de cada indivíduo, existem mais 3 ramos principais da Astrologia – a Astrologia Mundana dedicada ao estudo dos eventos mundiais, ao nível do colectivo humano e dos eventos naturais; a Astrologia Electiva dedicada à escolha de momentos mais auspiciosos para realizar determinadas ações; a Astrologia Horária que responde a questões diretas e pontuais.

Que dados são necessários para fazer um mapa astrológico?

Para um astrólogo calcular um mapa astrológico necessita da data, hora exata e local de nascimento da pessoa em análise. A exatidão da hora é muito importante e influencia diretamente a qualidade da análise do astrólogo.

Devo acreditar na Astrologia?

A Astrologia não é uma religião, é uma forma de conhecimento e, como tal, não se deve simplesmente acreditar, mas conhecer. Estudar Astrologia é importante, mesmo que a pessoa não tenha vocação ou pretensão de ser um astrólogo, servirá para ter um conhecimento geral sobre o assunto, que possa proporcionar à pessoa o conhecimento de causa quando fala de Astrologia e uma utilização consciente quando procura um astrólogo.

De que forma a Astrologia me pode ajudar?

Através da análise do mapa de nascimento, com o auxílio do astrólogo, a Astrologia permite um aumento de consciência e de conhecimento da pessoa e da sua vida, permite dotar a pessoa com uma maior capacidade para lidar com os seus problemas, tomar decisões mais fundamentadas e potenciar dons e momentos favoráveis.

Ir para o topo